O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player



  5S


São inúmeras as empresas que atualmente possuem alguma iniciativa ligada ao 5s. A variedade é enorme e contempla desde micro empresas até gigantes multinacionais. Os conceitos do 5s são conhecidos há várias décadas e vêm sendo aplicados desde então (muitas vezes mal aplicados).


  O que é 5s


O 5S é o bom-senso que pode ser ensinado, aperfeiçoado, praticado para o crescimento humano e profissional. Convém se tornar hábito, costume, cultura. Os propósitos da metodologia 5S são de melhorar a eficiência através da destinação adequada de materiais (separar o que é necessário do desnecessário), organização, limpeza e identificação de materiais e espaços e a manutenção e melhoria do próprio 5S.

Quais são os 5s


Os 5S são:

» Seiri: Senso de utilização. Refere-se à prática de verificar todas as ferramentas, materiais, etc. na área de trabalho e manter somente os itens essenciais para o trabalho que está sendo realizado. Tudo o mais é guardado ou descartado. Este processo conduz a uma diminuição dos obstáculos à produtividade do trabalho.

» Seiton: Senso de ordenação. Enfoca a necessidade de um espaço organizado. A organização, neste sentido, refere-se à disposição das ferramentas e equipamentos em uma ordem que permita o fluxo do trabalho. Ferramentas e equipamentos deverão ser deixados nos lugares onde serão posteriormente usados. O processo deve ser feito de forma a eliminar os movimentos desnecessários.

» Seisō: Senso de limpeza. Designa a necessidade de manter o mais limpo possível o espaço de trabalho. A limpeza, nas empresas japonesas, é uma atividade diária. Ao fim de cada dia de trabalho, o ambiente é limpo e tudo é recolocado em seus lugares, tornando fácil saber o que vai aonde, e saber onde está aquilo o que é essencial. O foco deste procedimento é lembrar que a limpeza deve ser parte do trabalho diário, e não uma mera atividade ocasional quando os objetos estão muito desordenados.

» Seiketsu: Senso de Normalização. Criar normas e sistemáticas em que todos devem cumprir. Tudo deve ser devidamente documentado. A gestão visual é fundamental para fácil entendimento de cada norma.

» Shitsuke: Senso de autodisciplina ou hábito, costume. Refere-se à manutenção e revisão dos padrões. Uma vez que os 4 Ss anteriores tenham sido estabelecidos, transformam-se numa nova maneira de trabalhar, não permitindo um regresso às antigas práticas. Entretanto, quando surge uma nova melhoria, ou uma nova ferramenta de trabalho, ou a decisão de implantação de novas práticas, pode ser aconselhável a revisão dos quatro princípios anteriores.

  Programa 5s


O estabelecimento de um Programa 5s é, de fato, o meio ideal para se estabelecer a cultura 5s efetivamente na empresa. Não é raro encontrar iniciativas 5s que não deram certo por falta de estruturação do programa. A falta de método, de estrutura e de definição de padrões contribuem para o fracasso do programa. Por outro lado, o treinamento, a implementação dos 5s acompanhada de perto e a criação de meios de acompanhamento e avaliação parcial das implementações praticamente garantem uma implementação de sucesso e uma mudança cultural consistente.

O 5s Produtivo©


Uma falha muito frequente que se encontra nas empresas é a má interpretação dos conceitos do 5s. Talvez a frase mais dita dentro de um programa 5s tradicional seja: "um lugar para cada coisa, cada coisa em seu lugar". Seguinto esta diretiva, os participantes do programa passam a identificar todas as "coisas" e todos os "lugares das coisas". Em geral é neste momento que acontecem os excessos que contribuem para que o programa como um todo caia em descrédito. Exemplos clássicos são tomadas e interruptores. Para que serve uma etiqueta colada em um tomada dizendo: "tomada"? Não seria melhor uma informação mais útil como: "110V"? A etiqueta "interruptores" não seria mais útil a um palestrante se fosse substituida por "frente", "meio", "fundo" sinalizando qual botão controla quais lâmpadas? Chamamos esta implementação racional (e útil!) do 5s de "5s Produtivo".

  Principais Benefícios do Programa 5S


1. Maior produtividade pela redução da perda de tempo procurando por objetos. Só ficam no ambiente os objetos necessários e ao alcance da mão.
2. Redução de despesas e melhor aproveitamento de materiais. O acúmulo excessivo de materiais tende à degeneração.
3. Melhoria da qualidade de produtos e serviços
4. Menos acidentes do trabalho.
5. Maior satisfação das pessoas com o trabalho.

      CONTATO
FALE COM O ESPECIALISTA

Entre em contato com Fernando Hirae, nosso especialista responsável por implementações 5S em áreas produtivas e administrativas.


Home  |   Empresa  |   Casos de Sucesso  |   Artigos
Lean  |   Kanban  |   5s  |   Kaizen
Shigeo Shingo

© Aliada Consultoria 2008 • Todos os Direitos Reservados